Musicalização cultural

Leia o artigo de Danilo Benício, responsável pela iniciação musical do Centro de Convivência Infantil.

 

Cada ano que passa vai ficando mais difícil as crianças terem “infância”. Infância no sentido conseguirem fazer coisas de criança, como brincar, correr, pular, gritar. São nesses momentos que elas aprendem e desenvolvem diversos conceitos e habilidades cognitivas e motoras no seu repertório de desenvolvimento.

 

Sabendo dessa dificuldade, a musicalização infantil surgiu não somente para ensinar música, mas também para tentar suprir um pouco dessa defasagem que as crianças sofrem nessa importante fase de aprendizado.

 

A iniciação musical no Lar das Crianças não é diferente. Os alunos do Centro de Convivência Infantil (de 4 a 6 anos) iniciam o trabalho conhecendo os parâmetros do som, altura, timbre, intensidade e duração. Esses conhecimentos musicais são trabalhados de maneira lúdica, onde eles constroem o inicio de seu próprio conceito, de cada parâmetro do som e, ainda, trabalham os aspectos cognitivos e motores sem deixar de lado a música.


Este trabalho faz com que os alunos adquiram repertório, mas não somente repertório no sentido musical, mas também, no conceito de repertório cultural. As crianças descobrem mundos, festas, instrumentos, músicas, roupas, manifestações sócio culturais, contos, lendas, teatro, bonecos, enfim, descobrem de uma maneira singular, as mais variadas culturas existentes no Brasil.

 

Os alunos recriam da maneira deles, essas manifestações. São confeccionados instrumentos, vestimentas, bonecos, histórias.

 

Tudo que é construído, na sua maioria é elaborado com material reciclável dando uma “cara” ainda mais peculiar e particular para essa nova manifestação que está surgindo com essas crianças: a musicalização cultural.